Associação Desportiva Confiança

Site Oficial

Associação Desportiva Confiança

Notícias


Série B: um ano da conquista do tão sonhado acesso
Publicação: 07-09-2020
Noticia
Foto: Divulgação Confiança

Um dia para ficar marcado para sempre na memória de todo torcedor azulino e na história do Confiança: 7 de setembro de 2019. Por 28 anos, o Dragão sonhou em voltar para a série B e no ano passado, tornou-se realidade. 

A história do acesso começou a ser escrita em 2014, quando o Dragão voltou a disputar a série D depois de três anos. No mesmo ano, o Confiança subiu para a série C com o estádio Etelvino Mendonça, em Itabaiana, lotado com mais de 9 mil torcedores. Depois de bater na trave duas vezes (2015 e 2017), a subida para a série B foi conquistada com muita luta.

O presidente do clube, Hyago França, divide essa história com o Confiança. Em 2014, começou a fazer parte da gestão quando se tornou vice-presidente. Em 2017, assumiu a presidência do clube e sofreu quando o Dragão ficou a um passo da série B.  O acesso era o maior desejo do jovem gestor. Um sonho passado de pai para filho.

“Nós, que somos Confiança, sabemos o quanto batalhamos, o quanto lutamos e o quanto foi suado esse acesso para série B. Mas ele chegou, o sonho se realizou. O dia 7 de setembro de 2019 para mim tem um sabor mais que especial, porque foi a realização de um sonho do meu pai. Eu tenho certeza que em algum lugar lá em Erechim, ele estava presente, acompanhando e torcendo para o Confiança.”, disse o presidente para a TV Dragão.

A trajetória para o acesso ficará para sempre na memória do torcedor azulino. Após perder nos dois primeiros jogos, se manter por nove rodadas no G-4 do grupo e se classificar para as quartas de final, o Confiança ainda precisava passar pelo Ypiranga (RS) para conquistar o sonho. 

No primeiro jogo, a torcida proletária compareceu e pintou a Arena Batistão de azul. Com gol de Tito, Dragão venceu por 1 a 0. Na segunda partida, o Confiança só precisava empatar para alcançar o sonho. Quando parecia que não ia acontecer, aos 39 minutos do segundo tempo, Felipe Lima cobrou o escanteio, Renan Gorne desviou para o gol e Vinicius Simon completou para o fundo das redes. O empate por 1 a 1 foi o suficiente para o acesso se concretizar.  

O autor do gol relembra do momento com muita felicidade. “Para mim, foi uma honra muito grande de ter participado desse acesso histórico do clube. A gente sabe o quanto era importante para o clube, que vinha buscando há tempo. Graças a Deus, a gente conseguiu. (...) Deus ainda me honrou com o gol. Foi uma ajuda do Renan ali, mas no final o coroado com o gol fui eu.”, recorda.

Na súmula, o gol é realmente de Simon. Porém, tem torcedor azulino que defende que o gol foi mesmo de Renan Gorne. O atacante destaca que a questão virou brincadeira. “Quando eu cheguei no ano passado no Confiança, vim com esse pensamento de fazer história. (...) O juiz deu o gol para o Simon, mas fica sempre essa brincadeira de “quem fez o gol” e tudo mais. Para mim, é uma satisfação enorme ter marcado meu nome na história do Confiança e é uma coisa que eu vou levar para o resto da minha vida.”, declara.

Apesar da brincadeira entre os atletas, os dois ressaltam que o mais importante foi a conquista do acesso. A verdade é que independente de quem foi o autor, aquele gol ficará para sempre na lembrança da torcida proletária.

Um ano após a conquista, a série B é realidade. O Confiança enfrenta o Juventude na próxima terça-feira (8) pela nona rodada. A partida será às 19h15, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS).

Fonte: Assessoria de Imprensa
Resultado dos exames da COVID-19
Publicação: 24-09-2020





Noticia Noticia Noticia